Negociação da Convenção Coletiva de Trabalho do ensino básico

Terceira reunião entre a Feteerj e o Sinepe, no dia 05 de junho, para negociar a renovação da CCT 2018

 

Nesta terça-feira, dia 05/06, foi realizada a terceira reunião paritária entre os representantes da Feteerj e do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Rio de Janeiro (Sinepe-RJ). A reunião foi realizada na sede do Sinepe-RJ, em Niterói, e discutiu a pauta de reivindicações dos professores das escolas particulares para a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) 2018 da Educação Básica. A Feteerj reivindica a manutenção de todas as cláusulas qualitativas na CCT. A Federação também defende que as homologações sejam feitas nos sindicatos.

O reajuste salarial acordado até agora é de 1,7% (INPC) mais 1% de ganho real, totalizando 2,7% de reajuste para toda a categoria, podendo chegar até 3,7% para quem ganha o piso.

O Sinepe irá mandar uma contra proposta a ser avaliada pela Feteerj em sua reunião do dia 08 de junho. Também está agendada uma nova paritária dia 12 de junho, às 15h, em Niterói.

A Feteerj e os sindicatos filiados foram representados pelos seguintes professores: Luiz Alberto Wiechers Grossi (Sinpro Petrópolis), José Luis Miranda Antunes (Sinpro Lagos), Antonio Rodrigues e Dilson Silveira (Sinpro Rio), Agnaldo (Sinpro Niterói) e Robson Terra (Sinpro Norte e Noroeste Fluminense) (foto).

A negociação com o Sinepe-RJ está sendo feita com os seguintes sindicatos, que representam os professores em suas respectivas bases: Sinpro-Rio, Sinpro Niterói, Sinpro Lagos, Sinpro Costa Verde, Sinpro Norte e Noroeste Fluminense e Sinpro Petrópolis.