Sinpro Campos e São João da Barra discute situação de professores da Estácio

DO SINPRO CAMPOS E SÃO JOÃO DA BARRA (12/12):

Nesta terça-feira (12), a presidente do Sindicato dos Professores de Campos e São João da Barra, professora Vera Félix, se reuniu com professores da universidade Estácio de Sá de Campos dos Goytacazes, na sede do sindicato.

O advogado do Sinpro, Humberto Nóbrega, participou da reunião e discutiu com a categoria a situação (foto).

Leia também: Feteerj ingressa com pedido no TRT-RJ para participar da ação contra as demissões na Estácio

A liminar que suspendia as demissões de mais de 1,2 mil professores da Estácio de Sá na capital foi derrubada pela Justiça do Trabalho nesta segunda-feira.

A justificativa da instituição é a de que os docentes serão substituídos, em 2018, conforme prevê a nova Lei Trabalhista. Contudo, docentes, entidades representantes desses profissionais e os próprios alunos seguem contrários à decisão da universidade, uma vez que tal ação contribuirá para a desvalorização salarial e, também, redução dos direitos da categoria, previstos nas respectivas convenções coletivas.

Com isso, o Sinpro Campos e SJB repudia de forma veemente a medida tomada pela instituição de ensino superior.

 

 

A presidente do Sinpro Campos e São João da Barra, Vera Feliz, se reúne com professores da Estácio e o advogado do sindicato