RIO TÊM TAXAS DE LETALIDADES ALTÍSSIMAS POR COVID

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) informa que vários municípios do Rio de Janeiro, incluindo a capital e todos as cidades da Região Metropolitana, têm taxas de letalidade por covid altíssimas, maiores do que 10%, muito acima da média nacional e mundial. A capital tem taxa de quase 11%, mas várias cidades da Baixada Fluminense já ultrapassaram 13%.
A taxa de letalidade representa a proporção de infectados que chega a óbito – ou seja, pacientes que morrem vítima da Covid-19, em relação ao total de infectados. Ela é um instrumento importante para o monitoramento e estudo de epidemias. Segundo o sanitarista Christovam Barcellos, vice-diretor do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict/Fiocruz), uma taxa muito alta é um forte indicador de duas situações: a subnotificação de casos pode estar muito alta e/ou o atendimento à saúde pode não estar dando conta do total de casos graves.
Os Sindicatos dos Professores (Sinpro) são contra o retorno às aulas sem que a pandemia esteja devidamente controlada, o que não é o caso atual. Lembrando que o magistério tem um grande percentual de integrantes pertencentes às faixas vulneráveis à doença: idade mais avançada, outras doenças etc.